Um lar seguro

Nas alturas

Tudo começa nas janelas. Quem mora em apartamento ou em um sobrado muito alto deve colocar telas nas janelas. Por mais esperto que seja seu gato, o parapeito e o mundo lá fora são muito tentadores para que ele simplesmente fique longe dali. Infelizmente é muito grande o numero de gatinhos que perdem a vida ao cair de grandes alturas. Alem disso, as telas evitam que o gato saia na rua e se perca por ai no mundo desconhecido de deputas com outros animais, transito e venha a se contagiar com doenças graves.


Cuidado com estilhaços

É recomendável tirar dos locais aonde o gato tem acesso os objetos que quebram, já que eles adoram escalar prateleiras e estantes. Objetos pequenos e pontiagudos, que podem ser engolidos, também devem ficar guardados.


Olha o choque

Fios elétricos são um perigo para a curiosidade felina e já causaram muitos acidentes. Deixe-os bem presos e escondidos. Remédios e produtos de limpeza também devem ficar fora do alcance dos bichanos.


As 10 dicas para um lar mais seguro

1.

Fios elétricos são um perigo para a curiosidade felina e já causaram muitos acidentes. Deixe-os bem presos e escondidos. Remédios e produtos de limpeza também devem ficar fora do alcance dos bichanos.

2.

Ao limpar sua casa, nunca deixe seu gato ter acesso à área onde os agentes de limpeza são utilizados ou armazenados. Os agentes de limpeza têm uma variedade de propriedades. Algumas podem causar apenas um distúrbio estomacal brando, enquanto que outras podem provocar queimaduras severas na língua, boca e estômago.

3.

Ao utilizar ratoeiras para ratos ou camundongos, armadilhas para formigas ou baratas, ou iscas para lesmas, coloque os produtos em áreas que sejam inacessíveis ao seu gato. A maioria das iscas contêm ingredientes inertes com cheiro adocicado, tais como geléia e açúcares, que podem ser muito atraentes para o seu animal de estimação.

4.

Nunca dê ao seu animal nenhum medicamento, a não ser que esteja seguindo as instruções de um veterinário. Muitos medicamentos empregados com segurança em seres humanos podem ser fatais para os gatos, como aspirinas.

5.

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance do seu gato, de preferência, em armários fechados. Analgésicos, remédios para resfriados, antidepressivos, vitaminas e comprimidos para dietas constituem exemplos comuns de medicamentos para seres humanos que poderiam ser potencialmente letais, mesmo em pequenas doses.

6.

Nunca deixe chocolates sem ser vigiados, pequenas quantidades podem causar problemas pancreáticos.

7.

Muitos produtos comuns para uso doméstico são comprovadamente letais em certas espécies. Diversos produtos que são altamente tóxicos mesmo em pequenas quantidades incluem moedas (alta concentração de zinco), bolinhas de naftalina (contêm naftalina ou paradiclorobenzeno – uma ou duas bolinhas podem ser uma ameaça à vida na maioria das espécies), óleos mistos, amaciantes de tecidos, detergentes para máquinas de lavar pratos automáticas (contêm detergentes catiônicos que podem causar lesões corrosivas), baterias (contêm ácidos ou álcali que também podem causar lesões corrosivas), massa para brincar feita em casa (contém uma quantidade elevada de sal), agentes de fonte de calor no inverno tais como aquecedores para mãos e pés (contêm altos níveis de ferro), cigarros, café moído e bebidas alcoólicas.

8.

Produtos automotivos (óleo, gasolina, etileno glicol, etc) podem ser fatais para um gato.

9.

Antes de comprar ou utilizar produtos contra pulgas em seu animal de estimação ou em sua casa, contate seu veterinário para discutir sobre que tipos de produtos são recomendados para o seu animal. Leia TODAS as informações antes de usar um produto em seus animais ou em sua casa. Sempre siga as instruções do rótulo. Quando um produto estiver rotulado “para uso apenas em cães”, isto significa que o produto jamais deve ser aplicado em gatos. Ao utilizar um spray para uso doméstico, assegure que todos os animais sejam removidos da área pelo tempo especificado no recipiente. Se você não tiver certeza sobre o uso de qualquer produto, contate o fabricante ou seu veterinário a fim de esclarecer as instruções ANTES de utilizar o produto.

10.

Ao tratar seu gramado ou jardim com fertilizantes, herbicidas ou inseticidas, sempre mantenha seus animais distantes da área até que ele seque completamente. Discuta a utilização de produtos com o fabricante dos produtos a serem usados e sempre os armazene em uma área em que, com certeza, não haja possibilidade dos seus animais serem expostos.