Dicas de fotografia felina

Abuse da luz natural

Um dos grandes diferenciais no resultado final da fotografia é uma boa iluminação. Durante o dia, prefira fontes de luz natural vinda das janelas para as fotos em ambientes internos. Elas irão valorizar a beleza do seu felino, pois a luz disparada pelo flash embutido nas câmeras compactas é muito dura. O flash “chapa” a foto e elimina as sutilezas e a sensação de profundidade, fazendo tudo parecer que está no mesmo plano. Os gatos também agradecem por não precisar enfrentar a cegante luz do flash!

Você pode aumentar a quantidade de luz disponível com truques simples, como estender um lençol branco nas proximidades ou posicionar uma placa de isopor em frente à fonte de luz. Eles irão atuar como rebatedores, espalhando a luz no ambiente.

exemplos-fotografias1


Não economize nos cliques

Graças à era das câmeras digitais, fotografar gatos tornou-se muito mais viável! Isso porque você precisa fazer vários cliques para aproveitar o melhor. Se você der sorte, terá várias fotos legais muito parecidas para escolher a mais bonita. O que geralmente ocorre, na realidade, é que de vários cliques que a gente faz, apenas um ou dois acabam ficando realmente bons. Então, tem uma foto que teria ficado ótima se não fosse ele ter se mexido bem na hora; tem outra que prestaria se não tivesse passado outro gato na frente no exato momento que você clicou… e sempre assim, sucessivamente!

nao-economize-cliques


Seja persistente

Para fotografar felinos, você precisa de paciência e tempo disponível. Você sabe que gatos são cheios de vontades, então mesmo que eles entendessem quando a gente fala “faça uma pose assim, coloque a patinha ali” provavelmente não nos obedeceriam!

Eles não vão fazer alguma coisa interessante só porque você decidiu que é hora de fotografar. Pelo contrário, aproveite momentos em que eles já estejam naturalmente estimulados, e você terá fotos mais legais, mostrando o verdadeiro cotidiano felino. Aja como um verdadeiro paparazzo, acompanhando e registrando todos os momentos do seu gatinho!

alma-felina

Seja criativo

Pense diferente. Mude o ângulo. Tente posições inusitadas… Experimente! Vamos lá, fotografar pode ser um excelente exercício físico também! Fique no nível do seu gato para obter uma visão do ponto de vista dele… Ah, mas ele está no chão? Deite-se também! Pense novos enquadramentos, não se atenha à tradicional “foto-de-corpo-inteiro”. Arrisque-se! Veja o que é realmente importante na foto, o que você que destacar.

Eu pessoalmente tenho dificuldade de trabalhar com tripé, pois gatos estão sempre se movimentando. Aliás, há fotos que ficam interessantes justamente por captar algum tipo de movimento. O gatinho não quer olhar para câmera? Faça um barulhinho, cante, assovie! Dê um jeito para que ele preste atenção em você.

seja-criativo


O poder do segundo plano

Tente eliminar objetos de fundo que poluam o quadro ou que irão competir com a imagem de seu gato. Afinal, ele deve ser o centro das atenções, não? Ambientes muito bagunçados, com muitos detalhes, certamente irão interferir na beleza e no impacto de sua foto. Mesmo em ambiente doméstico, na “vida real”, é possível tomar cuidado na hora de realizar o enquadramento para evitar incluir certos objetos que sobrarão na foto. Uma boa dica também e utilizar fundos em cores que combinem ou contrastem com a cor de seu gato. Apenas enfatize o plano de fundo se ele ajudar a contar uma história, a descrever uma situação.

poder-do-segundo-plano

Fotografia e a alma

Aqui não existem técnicas, é o domínio da pura sensibilidade. A fotografia é o olhar de alguém, sobre algo, eternizando um momento.

Quanto mais apurado for este olhar, quanto mais conectado você estiver com o felino que você estiver fotografando, mais você conseguirá revelar de sua personalidade através das fotos… Aqui está o grande segredo, o grande diferencial.

O que só um gato faz, o que o torna felino, e o que torna cada gato único. Todas as fotos desse ensaio servem como ilustração para este último item, porém, seguem aqui mais alguns exemplos de fotos que revelam a alma do gato..

alma-felina

Por Giane Portal – fotógrafa felina